Meu Filho não quer estudar

Filho nao quer estudar

Ele não tem interesse em estudar: o que posso fazer?

Preocupado por que seu filho não mostre interesse em estudos? Aqui estão algumas estratégias para ajudá-lo a lidar com esse problema.

Todos nós sabemos da importância de uma boa educação, e é por isso que incentivamos nossos filhos a alcançar o sucesso acadêmico. 

Entretanto, muito estresse e pressão sobre as crianças para que se saiam bem em acadêmicos podem levá-los a não gostar da escola e evitar estudos.

Como pai ou mãe, para que seu filho tenha um melhor desempenho nos estudos, você precisa ajudá-lo a aprender como administrar seu tempo e estabelecer uma rotina diária para trabalhos de casa, estudos e outras atividades. Isso não apenas a impedirá de se sentir estressada, mas também a motivará.

Aqui estão algumas estratégias eficazes que podem ajudar você a incentivar seu filho a estudar melhor e a se interessar por acadêmicos.

Estratégia 1 – Crie um ambiente de aprendizagem positivo

Deixe seu filho saber que seu amor e apoio a ele são incondicionais e não vinculados a como ele se apresenta na escola. Então, crie um ambiente de calor, aceitação e encorajamento.

Todos ansiamos por um trabalho bem feito e as crianças não são diferentes, realce as realizações e o progresso do seu filho, usando reforço positivo para construir a auto-motivação.

Essa abordagem é muito mais eficaz do que puni-lo por seus fracassos, além disso, evite usar recompensas ou presentes como suborno para fazer o seu filho fazer o que você quer que ele faça.

Acima de tudo, evite comparar o desempenho acadêmico de seu filho com o de seus colegas de escola, irmãos ou outros membros da família. 

Em vez de motivá-lo a se esforçar mais, essa abordagem provavelmente diminuirá seu interesse pelos estudos, fazendo com que ele se sinta desencorajado. 

Dar-lhe longas palestras e usar ameaças ou manipulação também não ajudará em nada.

Estratégia 2 – Dar controle e escolhas

Você pode elaborar um plano de estudo para o seu filho seguir, mas será mais sensato envolvê-lo no planejamento e na organização do seu horário de estudo.

Comece permitindo que ela faça escolhas simples, como escolher uma escrivaninha e uma cadeira para sua área de estudo, a parte da casa onde ela quer estudar e quais assuntos estudar primeiro. Deixe que ela tome decisões mais complexas com o passar do tempo, como quanto tempo ela deve gastar estudando um assunto específico, fazendo lição de casa e revisões, assistindo TV ou jogando e assim por diante.

Essa estratégia ajudará a nutrir o senso de independência e autoconsciência de seu filho, bem como as habilidades de aprendizado que precisará ao longo de sua vida. Também demonstrará ao seu filho que você confia em suas habilidades e habilidades de tomada de decisão.

Estratégia 3 – Conheça as áreas de luta

Toda criança aprende em um ritmo diferente, tentar satisfazer as expectativas dos pais é uma razão comum para o estresse e a falta de motivação nas crianças, quando se trata de desempenho acadêmico.

Revise o dever de casa de seu filho e seu desempenho em testes de tempos em tempos. 

Pergunte a ele se existem tópicos ou assuntos que ele acha difíceis de entender. 

Ouça com atenção o que seu filho diz e deixe claro para ele que ele pode abordá-lo com seus problemas a qualquer momento. 

Além disso, fale com seus professores para descobrir seus pontos fortes e fracos, isso é muito importante.

É importante que você entenda que tipo de ajuda seu filho precisa, para que você possa fornecê-lo a ele.

minha filha nao gosta de estudar

Estratégia 4 – Ajude com os estudos, mas não assuma

Quando você se senta com seu filho para ajudá-la com seus estudos, em vez de apenas monitorar e dar instruções, também ofereça seu apoio e incentivo. 

Além disso, não corrija seus erros no momento em que você os identificar, em vez disso, incentive-o a encontrar seus erros e corrija-os por conta própria. 

Mostre o erro só depois de ela ter tentado o seu melhor, e, quando você der instruções, lembre-se de dividir conceitos ou tópicos difíceis em partes mais simples e ser específico.

Compreender os interesses e preferências do seu filho pode ajudá-lo imensamente nos estudos. 

Se o seu filho gosta de estudar sozinho, dê-lhe o espaço que precisa, se ele preferir sua presença, permaneça por perto, mas continue com sua postura.

Deixe claro que você está lá para ajudá-lo com problemas e não para fazer o dever de casa para ele.

Estratégia 5 – Seja um bom modelo

As crianças aprendem pelo exemplo, e são mais propensas a fazer as coisas do mesmo modo que vêem outros adultos fazendo-as, especialmente seus pais e familiares.

Se você quer motivar seu filho a estudar, ajude-o a aprender os hábitos certos, dando um exemplo. 

Evite adiar ou reclamar sobre o seu próprio trabalho e tarefas domésticas na frente de seus filhos e projetar um ar de confiança ao lidar com os desafios. 

Você ficaria surpreso com a rapidez com que seu pequenino percebe isso!

Tente programar o seu trabalho e o estudo do seu filho para uma rotina que evite horários com distrações, como trabalho doméstico barulhento ou uma televisão estridente.

Além disso, incentive outros membros da família a usarem fones de ouvido se estiverem ouvindo música ou assistindo à televisão.

A motivação pode ser interna ou externa e, como pai e mãe, você está na posição perfeita para ajudar seu filho a entender o que o motiva. Além disso, lembre-se de que o desinteresse pelos estudos pode indicar outros problemas, por isso converse com seu filho, seja um bom ouvinte.

Além disso, lembre-se de que o desinteresse pelos estudos pode indicar outros problemas, faça parte da vida do seu filho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *